Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Histórico
Início do conteúdo da página

ALUSIVO AOS 77 ANOS DO HGUN

Publicado: Domingo, 19 de Agosto de 2018, 18h02 | Última atualização em Segunda, 20 de Agosto de 2018, 17h48

   Em uma solenidade no então teatro Carlos Gomes, em 18 de março de 1928, o médico Januário Cicco fundou a maternidade de Natal, cujas obras tiveram início em 14 de janeiro de 1932, em um terreno doado pelo prefeito Omar O’Grady, nas vizinhanças do hospital de caridade localizado no sopé do morro de Petrópolis. Quase concluído, no princípio da década de 1940, o prédio foi cedido mediante contrato no valor de oito contos de réis por mês ao Ministério da Guerra, para servir como Hospital Militar a ser empregado no esforço exigido pelo conflito bélico mundial em andamento.

 

   Sendo assim, as atividades do Hospital Militar de Natal, sua primeira denominação, iniciaram a partir do Decreto Lei n° 7.633, de 15 de agosto de 1941, tendo como diretor o Capitão Médico Aníbal Olímpio Medina de Azevedo. Além do trabalho dos médicos militares, o Hospital contou com a participação de civis para suprir a necessidade de atendimentos e tratamentos especializados.

    É importante ressaltar que o prédio do Hospital abrigou também o quartel general, sob o comando do Marechal Cordeiro de Farias. Entretanto, sete anos após a sua criação, em 9 de março de 1948, a guarnição militar inaugurou seu Hospital no bairro do Tirol, passando a ocupar as instalações da antiga enfermaria do 16° Regimento de Infantaria, hoje denominado 16° Batalhão de Infantaria Motorizada, no mesmo bairro. O Hospital de Guarnição de Natal recebeu a atual nomenclatura em 24 de agosto de 1953, passando por muitas transformações ao longo dos anos, as quais agregou valor à sua estrutura inicial.

    Desse modo, na década de 1990 foi inaugurado o pavilhão que abriga a atual odontoclínica, o serviço de imagenologia, o prédio dos ambulatórios e o SAME. Em 2002 começou a funcionar o pavilhão com as clínicas de Fisioterapia e Unidade Materno-Infantil. Em abril de 2005 foi inaugurada a Unidade Militar Integrada de Terapia Intensiva (UMITI), em parceria com a Marinha e a Aeronáutica e ainda no final do mesmo ano foram iniciadas as obras do novo pavilhão Hospitalar.

A inauguração do novo pavilhão ocorreu em janeiro de 2009, abrangendo diversas instalações, entre elas: Posto médico, Laboratório, serviços de diagnóstico e imagem; unidade de internação Clínica e Cirúrgica; Centro Cirúrgico, central de material e esterilização. Instalações estas que trouxeram conforto, modernidade e eficiência, interligando os setores hospitalares e proporcionando excelência no atendimento ao usuário.

O Hospital de Guarnição de Natal conta com um efetivo de 264 militares e 22 servidores civis, dentre as diversas categorias funcionais e especialidades.

registrado em:
Assunto(s): Exército , Hospital
Fim do conteúdo da página